postado em: Notícias | 0
Confira o vídeo e as fotos do buzinaço do movimento Bruna Pela Vida
realizado no dia 22 de janeiro


Buzinaço pelo bafômetro obrigatório
Amigos e familiares de vítima fatal de trânsito pedem rapidez na
votação de projetos de lei
O movimento Bruna Pela Vida irá tomar pela segunda vez as ruas do Plano Piloto para reivindicar a obrigatoriedade do teste do bafômetro na Lei Seca. No próximo sábado (22), o grupo criado por amigos e familiares da jovem Bruna de Oliveira Carneiro, vítima fatal da combinação álcool e direção, fará uma carreata na Esplanada dos Ministérios com o objetivo de chamar a atenção do novo governo para a importância da votação dos Projetos de Lei (PL) que obrigam o condutor a assoprar o bafômetro em casos de acidente.

“Vamos fazer um buzinaço em comboio que irá sair do Congresso Nacional, o centro do poder, para pedir a votação de projetos voltados para o bafômetro obrigatório em casos de acidente como o PL 4607/2008, que caracteriza como homicídio culposo a direção sob o efeito de álcool”, promete Bárbara Carneiro, irmã de Bruna.

A organizadora da manifestação, Clarice Gulyas, acredita que com a aprovação desses projetos, os familiares de vítimas fatais terão mais conforto com a punição criminal dos infratores e a sociedade mais protegida da violência no trânsito. “É um absurdo um motorista bêbado que provoca um acidente, fatal ou não, se recusar a fazer o bafômetro e responder apenas às medidas administrativas do Código de Trânsito Brasileiro. Se fosse obrigatório, os infratores iriam direto para a cadeia e os familiares não teriam a infelicidade de esbarrar na rua com quem tirou a vida de seu ente querido”, diz.
Para Bruno Alves, amigo de Bruna, o encontro também será uma maneira de tentar superar a dor da perda e homenagear a amiga, já que no último dia 20 completou o terceiro mês da morte de Bruna. “Ela fazia parte de mim e estará para sempre no meu coração. Nossa amizade era de total liberdade e ela era a única que sabia me entender”, lamenta.A concentração do grupo ocorrerá às 14 horas em frente ao Congresso Nacional e fará o trajeto de toda a Esplanada dos Ministérios com retorno ao local de saída.
Bebida e direção
Na madrugada do dia 14 de outubro de 2010, Bruna acompanhou um amigo após deixarem uma boate na Asa Sul. De acordo com testemunhas, o motorista estava embriagado e dirigia em alta velocidade quando atingiu uma árvore e um poste na quadra 601 norte antes de o veículo capotar. Bruna sofreu diversos ferimentos e traumatismos cranianos. Permaneceu uma semana em coma no Hospital de Base, mas acabou indo a óbito uma semana depois.

Serviço
Feed